Um pastoetador, um cantautor

 

Gerson Borges, casado, dois filhos, carioca do subúrbio, paulista do ABC, é uma pessoa multi: multivocacionado - pastor na tradição batista-reformada ( Comunidade de Jesus em São Bernardo do Campo, SP - desde 2002),  multimídia, cantor, compositor, palestrante, multitarefa: canta, escreve, palestra, ensina - é alguém que entende que todos somos chamados a participar do que o Eterno está realizando pela redenção da Criação.   "Imago Dei, Mandato cultura, Graça comum", ele diz, teologando

Começou a cantar e compor bem cedo - não tinha 12 anos de idade ( imitando as canções que ouvia no rádio ). Na adolescência, um leitor contumaz, dedicava-se a escrever poemas e a participar de festivais de música e poesia  estudantis e nos encontros de jovens das igrejas da suas região, ganhando muitos deles. Até 1989, quando venceu um festival no SESC de São João do Meriti e começou a tocar no Rádio FM do Rio de Janeiro (" Um só coração ").  Depois disso, até 2019, já gravou 10 álbuns e  teve diversas participações  em projetos de amigos - acredita no poder da junção comunidade e criatividade. Acredita mesmo.  "A glória de Deus é compartilhar!"  Sua música é uma mistura de sacra, mpb, jazz, erudito...mistura santa  e boa, dizem os milhares de apoiadores e fãs.

Apaixonado pela Palavra e pelas palavras, nunca deixou de ser um educador irrequieto, ativo: cursou  magistério ( formação em pedagogia ), depois Letras ( UFF, FSA, USP ) , tendo dedicado 10 anos de sua vida adulta à educação infantil  e ao ensino da Língua Portuguesa, que tanto ama.  Também escreveu vários livros sobre temas que vão da espiritualidade cristã à cultura brasileira. " Unir a Beleza da verdade com a verdade da Beleza é a grande vocação da minha vida", ele diz. 

Em 30 anos de carreira, diversos discos gravados, inúmeros featurings, GB nunca cedeu ao sucesso fácil - " e isso não é um clichê nem dor de cotovelo artística", encara. Por que há sim no âmbito da música feita a partir da igreja  ( já que ele evita o rótulo " gospel ", um caminho mais fácil refrões simplistas, poucos acordes, copia e cola... Trilha que ele nunca  abraçou - basta ver sua discografia, que vai de discos de cânticos congregacionais, passando por um musical , uma homenagem  ao Nordeste, ao Samba e ao novo projeto, inspirado em C. S. Lewis.

Além da música, Gerson dedica-se a escrever - seus três títulos : Quero aprender a orar ( Ed. Palavra ), Ser evangélico sem deixar de ser brasileiro ( Ed. Ultimato ) e Por uma nova reforma  ( Ed. Mundo cristão ) . Mas novidades vem por aí. Também é colunista do portal e da revista Ultimato

© ℗ 2019 Gerson Borges